Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eterno Sonhador

17
Jun17

Silêncio ensurdecedor...


"É melhor ser rei do teu silêncio do que escravo das tuas palavras."
William Shakespeare 
19143310_10208888176914150_3005154264440671924_o.j
(Barragem de Vilarinho das Furnas)

Pelos inúmeros caminhos que o Gerês nos oferece para percorrer, apercebemo-nos de cenários idílicos compostos por cascatas e lagoas, vales e montanhas e o mundo animal que o percorre à solta co-habitando assim o mesmo espaço que o homem.
Por entre os eucaliptos da floresta as paisagens surgem-nos imponentes e arrebatadoras.
Assim como o vale da barragem, tão perfeito, tão único e tão belo.
Mas se existe algo que me apraz contemplar nesta paisagem é o silêncio com que se apresenta, onde por momentos parecemos o unico ser a habitar aquele espaço e tudo parece tão nosso ao mesmo tempo que sabemos não o poder tocar!
Mas que silêncio tão bom...
Olhar em volta e absorver toda aquela energia que a mãe natureza nos oferece, fechar os olhos e sentir a leve brisa que nos envolve a alma e nos faz sentir cada vez mais leves...
Sim, ali, somos tudo e não somos ninguém.
Nada mais importa, despejámos as tristezas e as amarguras da vida, esquecemos a pobreza e a riqueza, libertamo-nos e deixamos-nos envolver na mais perfeita união, na mais perfeita harmonia, da alma com a natureza!
Tão bom poder respirar fundo toda aquela imensidão de pureza e silêncio!
Na volta, porque é preciso regressar...
Venho de alma vazia, livre de todo o peso nefasto acumulado nos últimos tempos, limpa de tristezas e amarguras e de coração cheio de esperança e prontidão para um futuro que começa agora!

Mas ainda há tempo de fechar os olhos e recordar todo aquele vale de emoções!

Bom fim de semana.
Fred Somiar

11 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

No facebook

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mensagens